English Version

CONHEÇA A HISTÓRIA DO MÓVEL MAIS FAMOSOS DE OSCAR NIEMEYER

18/07/2017

A Chaise-Lougue Rio é um clássico do mobiliário brasileiro com quase quatro décadas de existência

Não apenas de construções imponentes viveu Oscar Niemeyer. O ícone brasileiro também deu suas pinceladas no mundo do design de móveis. Não foram muitas as peças desenhadas pelo arquiteto, mas, por onde se arriscou, ficou clara a coerência de estilo e traço intrínsecos ao seu trabalho.

A Chaise Rio foi consagrada como seu móvel mais famoso, é uma tradução exata de toda sua obra. Um clássico atemporal. E na verdade, é uma peça única. Está exposta na galeria NOHO Modern, em Los Angeles. O desenho da chaise é uma produção do arquiteto em colaboração com sua filha, Anna Maria Niemeyer.

Foi no ano de 1978 que nasceu a Rio. Um momento polêmico – diga-se de passagem – para se existir. O fim do AI-5, a União culpada pela morte de Vladimir Herzog e a eleição do General Figueiredo são só alguns dos acontecimentos que conduziram este ano.

Não poderia haver momento mais propício para que as inspirações de Niemeyer saíssem do papel para encantar e cativar o povo brasileiro. A paisagem, a natureza e a bossa da cidade do Rio de Janeiro foram traduzidas nesse móvel cheio de curvas e linhas sinuosas, outra paixão do arquiteto por também representarem a sensualidade do corpo feminino.

O vime que compõe o assento foi uma escolha certeira, já que o material estampa um dos clássicos presentes em praticamente toda casa brasileira.

A chaise foi relançada pela Fundação Oscar Niemeyer, disponibilizando com certificados de autenticidade a peça feita à mão, por encomenda.

Matéria publicada por Casa Claudia em 15 de julho de 2017