English Version

MORAR SOB MEDIDA

11/02/2016

Criatividade de arquitetos é colocada à prova em apartamento recém-entregue que incorpora escritório e cozinha rústica

Recém-entregue pela construtora, este apartamento em Perdizes foi direto para as mãos dos arquitetos João Conrado e Gabriel Ceravollo, da Conrando e Ceravollo Arquitetos. A ideia dos proprietários, um casal jovem, era fazer com que o imóvel ficasse na medida para o uso que eles pretendiam fazer da nova casa, ou seja, os arquitetos teriam de criar uma área confortável para abrigar um escritório e também uma boa área de estar, com ambientes integrados. “Não era uma missão tão complicada, já que o apartamento tem 160 m², mas tivemos a ideia de aproveitar o pé direito duplo e fazer um mezanino, perfeito para o escritório ter certa privacidade”, diz Ceravolo.

Com cerca de 10m², o escritório previsto no projeto e aprovado com entusiasmo pelos proprietários, trouxe não só é mais espaço para a família, como também teve papel importante para definir a identidade visual do projeto. “Gosto dessa linha reta que o peitoril de madeira exibe para o estar. A escada é outro elemento escultural importante, feita com uma chapa de ferro dobrado”, explica.

Outro fator relevante no projeto foi a incorporação da varanda ao living, uma estratégia que garantiu mais espaço ao lugar que vai efetivamente ser usado na casa. “Os prédios novos geralmente têm muito espaço para a varanda, isso rouba área do living e não é útil no dia a dia. Fechamos a varanda e a trouxemos para dentro”, conta Ceravolo. A churrasqueira, antes na área externa, foi mantida, ainda que de maneira discreta.

Outro pedido dos clientes era ter uma cozinha de linguagem rústica. Com a direção dos arquitetos, a ideia ganhou alguns toques mais modernos para não parecer desconectada do resto. “Usamos tijolos de cerâmica brancos, combinados com a madeira e o cinza do piso, a combinação agradou aos clientes e não quebrou o ritmo elaborado no todo”, observa. Para criar conexão com a área do bar, uma janela funciona como passa-prato e pode ficar fechada quando preciso.

Reforma feita, na hora de pensar no mobiliário os arquitetos optaram por peças que dialogassem com as linhas retas da estrutura arquitetônica que criaram, como o tapete de estampa geométrica, e o par de poltronas Paulistano, de Paulo Mendes da Rocha. “No final, vejo que a borda de madeira do mezanino emoldurou perfeitamente o projeto. O resultado é como uma imagem em widescreen, tudo segue a linha horizontal.”

Matéria publicada pela jornalista Natália Mazzoni do Estado de São Paulo em 31 de janeiro de 2016

1° FOTO. Par de sofás da Trend no estar.

2° FOTO. No living poltronas Paulistano e tapete da By Kamy. O piso é de madeira cumaru.

3° FOTO. Na área que antes pertencia à varanda, os arquitetos acomodaram um bar. O piso é do porcelanato que imita cimento queimado como o da cozinha.

4° FOTO. Mesa da Trend e cadeiras Dix, da Clami.

5° FOTO. Para o bar, os arquitetos desenharam um móvel de madeira para acomodar garrafas de vinho. A janela aberta na parede da cozinha funciona como passa-prato.

6° FOTO. Cozinha com revestimento Metro White, da Eliane.