English Version

OS DESTAQUES DA MAISON ET OBJET PARIS DE 2016

04/02/2016

A feira contou com uma mesa redonda mediada pelo diretor de redação de CASA CLAUDIA, Alexandre Ferreira

A primeira Maison & Objet Paris de 2016 começou no dia 22 de janeiro e terminou dia 26. Os cinco de dias de feira foram marcados por lançamentos de peças de luxo assinadas por grandes designers, além de ambientes decorados e uma loja conceito. A programação ainda incluiu instalações especiais, conferências e prêmios. E os brasileiros marcaram presença em Paris. O diretor de redação de CASA CLAUDIA, Alexandre Ferreira, viajou a convite da feira para comandar a mesa redonda “A World Tour of Design Local Made” (Uma viagem mundial pelo design local) no domingo, dia 24. A palestra reuniu o designer brasileiro Sérgio J. Matos, o francês Gaël Manes e o filipino Kenneth Cobonpue para debater sustentabilidade, artesanato e design local.

Matéria publicada por Casa Claudia em 26 de janeiro de 2016

1° FOTO. Estes são dois lançamentos da Pulpo na Maison & Objet: as mesinhas chiara + fosco, de Elisa Stroyky – em três tamanhos, com tampo feito a mão e desenhos únicos – e, ao fundo, o pallet de Sebastian Herkner.

2° FOTO. A francesa Eichholtz aposta numa inspiração tropical chique para o seu estande.

3° FOTO. A dinamarquesa Muuto investe no terracota e marrons para tecidos, mesas e pendentes nesta Maison & Objet.

4° FOTO. Os famosos peixes da italiana Paola Navone se transformaram em copos, travessas, garrafas, entre outras peças de mesa e móveis para a coleção Fish & Fish, criada para a belga Serax.

5° FOTO. Para o mobiliário, a designer italiana aposta em traços finos e cores leves.

6° FOTO. A grife italiana Missoni Home não apresenta muitas novidades, porém brilhou com este espaço e seu jogo de cores feito com maestria.

7° FOTO. A japonesa Arita comemora os seus 400 anos na Maison & Objet. Para celebrar a data, convidou os designers Ken Kiyoyuki Okuyama, Kengo Kuma, Beat Takeshi e Kashiwa Sato, autor deste trabalho, para criar peças exclusivas lançadas em Paris.

8° FOTO. No clique, as taças da coleção Tank, de cristal soprado com acabamento de cobre, de Tom Dixon. O designer britânico se inspirou em equipamentos de laboratório para servir drinks modernos.

9° FOTO. O tema da Maison&Objet deste ano foi Wild e o espaço Inspiração teve a curadoria de François Bernard. Esta peça é de Werner Neumann e faz parte da Birchwood Collection.

10° FOTO. A coleção do australiano Brodie Neill para Made in Ratio é o resultado de um laboratório de pesquisa com materiais, um misto de poesia e tecnologia. A cadeira Alpha é de madeira maciça, a chaise Cowrie é feita de lâminas de madeira moldadas e o banco branco Pleat foi moldado de uma única peça de Corian.

11° FOTO. Os irmãos Fernando e Humberto Campana lançaram a luminária Fungo chandelier, criada para a tcheca Lasvit. Pendurada por um pedaço de corda, a peça tem seis braços irregulares feitos de ripas de madeira, com lâmpadas de vidro achatadas e prensadas entre elas.

12° FOTO. Pela primeira vez na Maison&Objet, a Trousseau participou no stand da Renaissance, com os jogos de lençol da linha White Luxury e de sua linha de hotelaria.