English Version

CARGA PESADA

24/11/2015

Elementos brutos marcam propostas tipicamente urbanas

Testemunho mais do que vivo da influência modernista na arquitetura, o estilo industrial segue firme e, sobretudo, forte. Com expressão máxima em projetos de lofts, fenômenos nos anos 80, e retrofits, versão contemporânea da revitalização de edifícios, esse repertório apoia-se em regras simples: menos á mais, tudo se aproveita, nada se esconde. “A dica é expor estruturas e materiais funcionais, suavizados por peças vintage”, ensina a designer de interiores Cindy Bayon, responsável pela conversão em residência (foto abaixo) de uma antiga fábrica nos Estados Unidos. Metais, concreto nu, vidro e madeira de demolição entram na receita também em nome da sustentabilidade.

Matéria publicada pela jornalista Liège Copstein da Arquitetura e Construção em novembro de 2015