English Version

BAIRROS MAIS DESEJADOS DE SP: MOEMA LIDERA

27/10/2015

Site de imobiliário Moving elenca as 5 regiões consideradas “objetos do desejo” por quem pretende adquirir um imóvel na capital

Dados do portal de imóveis Moving mostram que no período de 1 de agosto a 30 de setembro os cinco bairros mais buscados para compra e venda na capital paulista foram Moema, em primeiro lugar, com 7,06% das buscas, seguido por Perdizes (6,07%), Brooklin (4,26%), Vila Mariana (3,41%) e Pinheiros (2,17%).

“É a primeira vez que realizamos o levantamento. Nossa base de dados tem informações importantes e suficientes para entender o mercado”, diz a diretora de marketing do Moving Imóveis, Adriana Angelo Sanches.

O levantamento também aponta informações a respeito do estoque e o preço médio do metro quadrado. Os apartamentos acima de 200 m² constituem a maior oferta em Moema, representam 31,2% do total. A metragem média da região foi avaliada em R$ 10.861.

Considerada área privilegiada da zona sul paulistana em razão de sua boa infraestrutura e localização, Moema é um bairro onde as construtoras enfrentam cada vez mais dificuldades para encontrar terrenos, mas ainda dispõem de imóveis ao gosto do público que procura a região. Tem ofertas de alto ou altíssimo padrão, sem desprezar, no entanto, empreendimentos com preços acessíveis às classes média e média alta, às quais pertencem boa parte dos moradores da região.

Perdizes, na zona oeste, tem metragem média ao custo de R$ 9.587. Neste bairro, a maior quantidade em oferta são das unidades de 100 m² a 150 m², que representam 30,1% do total. O preço médio do metro quadrado é R$ 9.586.

No Brooklin, também na zona sul, as unidades com metragem entre 50 m² e 100 m² representam 28,4% das ofertas anunciadas no Moving. O preço médio do metro quadrado nesse bairro é de R$ 9.708. Na Vila Mariana, outro localidade da zona sul, são as unidades entre 50 metros quadrados e 100 m² representam 33,8% das ofertas. Neste bairro o preço médio do m² é de R$ 9.378.

Pinheiros, na zona oeste, é o quinto mais acessado no Moving. Nessa região, os apartamentos com metragem média entre 50 m² e 100 m² constituem 38,3% dos anúncios. E lá, o preço médio do m² R$ 11.486.

Segundo Adriana, o objetivo é aprofundar a extração de dados sobre bairros e o mercado imobiliário para futuramente abastecer o mercado com essas informações. “O site tem ferramentas estatísticas que permitirão nossas análises”, ressalta.

Semelhança. Para o diretor comercial da Coelho da Fonseca, Fernando Sita, as similaridades desses bairros (regiões consolidadas, boa localização, concentração de unidades novas e usadas) faz aumentar as buscas de imóveis para venda e locação.

Na opinião dele, dos cinco, o diferencial do Brooklin é que o bairro é um vetor de crescimento da capital. “Uma região que ainda tem espaço para receber novos empreendimentos residenciais, comerciais e mistos.”

Matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo

FOTO - Preço médio do metro quadrado em Moema pode chegar a até R$ 20 mil