English Version

MÓVEIS DE PLÁSTICO E CHIQUES: É POSSÍVEL

07/10/2015

Está liberado usar plástico na decoração. Surfe nessa onda na arquitetura e no design.

Maleável, resistente e versátil, o material supera a fama de vilão da natureza com novas propostas de utilização e reciclagem. Quanto a ser chique, confira as peças ao redor. Elas são a prova do poder do design: basta lançar um olhar sem preconceitos ao que um dia já foi kitsch

Matéria publicada na revista Casa Claudia em julho de 2015

Foto 01 - A versão do estúdio Mal Furniture para a poltrona Eames é moldada em polietileno. Por 998 euros no site da marca

Foto 02 - Para a cenografia de uma exposição de design, o Freaks Freearchitects revestiu de plástico branco galerias do Palais du Louvre, em Paris

Foto 03 - O escritório sueco Claesson Koivisto Rune assina a mesa de poliuretano Vortex (Arf lex). Vale 1 450 libras, cada uma, na Atomic Interiors

Foto 04 - O policarbonato ondulado protege a Seasonless House, na Espanha, projeto do Casos de Casas

Foto 05 - O pendente Under the Bell, de PET reciclado, sai por 6 738 reais na Micasa

Foto 06 - Utensílios de termoplástico Jellies Family, criados por Patricia Urquiola. Na Kartell, a partir de 144 reais

Foto 07 - Com assento de bioplástico, a cadeira Kuskoa Bi (Alki), desenho de Jean Louis Iratzoki, custa 680 euros (sem frete) no site DomesticoShop