English Version

SP: ATELIÊS PARA VISITAR

09/09/2015

A FLORISTA

Daniela Laloum, proprietária da Fulô, transformou seu amplo e iluminado espaço, na Zona Oeste, num local perfeito para montar de pequenos buquês a arranjos esculturais. Divertida, a decoração se vale de itens garimpados por ela. Daniela prepara um dos muitos buquês que compõe por dia para a casa ou as festas de clientes. Na sede da Fulô, ela reúne vasos e cestos, que viram suporte para suas criações. (foto 01)

O ARTISTA

Depois de 50 anos fechado, o edifício que abrigava uma antiga fábrica de rádios virou a ampla e iluminada oficina de Enrique Rodríguez, na qual ele produz quadros e painéis e ainda reserva tempo para aulas de piano e momentos de introspecção. Completamente reformado, o espaço ganhou ar de loft e acabamentos neutros, perfeitos para ressaltar o colorido dos quadros. Com base em suas obras, Enrique customizou o piano, em que pratica toda semana. (foto 02)

A TECELÃ

Tonalidades fortes em junções surpreendentes marcam as estampas desenvolvidas por Lina Miranda para cobrir itens de tapeçaria. O visual das peças contribuí para a atmosfera acolhedora deste misto de estúdio e loja. As pilhas de produtos de produtos nas quais se apoia a dona do espaço revelam a informalidade que reina aqui. “É um local peculiar e aconchegante, em que aprecio receber. Muitos clientes se tornaram meus amigos.” (foto 03)

A TRICOTEIRA

Ela começou na moda e, aos poucos, chegou também ao décor. Expert em artefatos de tricô e crochê , Anne Galante prova que ambas as técnicas podem ser usadas em ambientações ultracontemporâneas. Anne toca a marca Senõrita Galante na mesma casa onde vive com o bull terrier Baltazar. Itens de tricô e crochê aparecem em todos os ambientes. (foto 04)

Matéria publicada na revista Casa Claudia em maio de 2015