English Version

ARQUITEURA: VIAGEM AO PARAGUAI

05/08/2015

Evento de vanguarda no país vizinho celebrou a arquitetura solidária, reuniu grandes nomes e também valorizou a qualidade da produção local.

O passeio incluiu a visita ao edifício San Francisco, projeto do paraguaio José Cubilla.

Há dois anos, o arquiteto paraguaio Solano Benitez e um grupo de colegas lançaram o America(no) Del Sud, evento que promove palestras e encontros entre profissionais da região e arrecada fundos, oferecidos em forma de bolsa de pesquisa, a um nome que tenha se destacado pela liberdade de pensamento e dedicação a esse fazer socialmente relevante. No mês passado, o resultado da iniciativa pode ser conferido pela primeira vez. Mais de 1,8 mil participantes, vindos de todo o continente, lotaram, em Assunção, o teatro do Banco Central e o auditório da universidade local para acompanhar a jornada pioneira. Ao longo de três dias, ouviram mestres como Paulo Mendes da Rocha e o suíço Peter Zumthor-ambos vencedores do renomado Prêmio Pritzker-, que falaram sobre sua prática, os desafios e as preocupações que enfrentam na busca por uma atuação humana e generosa. O argentino Rafael Iglesia, o primeiro agraciado com o auxílio financeiro, apresentou o projeto que desenvolveu com a verba: uma solução para áreas de barraco de rio, comumente ignoradas na típica ocupação das cidades coloniais sul-americanas. Importantes parceiros do encontro, diretores da Escola da Cidade estiveram no Paraguai, visitaram os arredores e ainda trouxeram Zumthor para uma passagem-relâmpago por São Paul. Formalmente convidado a voltar em breve, ele estava especialmente interessado na obra de Oscar Niemeyer(1907-2012) e na tradição paulista.

Paulo Mendes Rocha Brasileiro.

Peter Zumthor suíço.

Rafael Inglesia argentino.

Oscar Niemeyer Brasileiro.

matéria publicada na revista arquitetura & construção em maio de 2015.