English Version

APARTAMENTO: ABRIGO PARA A ARTE E OS LIVROS

07/07/2015

No apartamento doo arquiteto Claudio Novaes cabem todas as suas paixões. Além de quadros e literatura, ele aprecia móveis de design e a companhia das pessoas queridas.

Durante uma caminhada pelo bairro de Higienópolis, em São Paulo, o arquiteto Claudio Novaes se surpreendeu com a placa escrita a mão que indicava um apê à venda num edifício da década de 1950. Não hesitou em entrar e, ao deparar com a ampla sala banhada de luz natural, teve certeza de que compraria o imóvel. De início, ele mesmo projetou algumas intervenções e, depois, acatou as sugestões de dois amigos: o decorador Beto Galves e Teo Vilela, dono da loja Teo. Avesso a modismos, o morador conquistou uma decoração perene com paleta sóbria e mobiliário de desenho atemporal. Após nove anos vivendo aqui, estabeleceu de vez sua rotina na região ao instalar o escritório e apenas um quarteirão. O carro foi vendido, e, agora, as distâncias são percorridas a pé na tentativa bem-sucedida de descomplicar o dia a dia na metrópole. Visite o blog da jornalista Zizi Carderari e conheça outras histórias como esta: casadosoutros.tumblr.com.

“Minha casa é onde mora meu coração – lugar que compartilho com a família e os mais chegados”.

Claudio Novaes – Arquiteto.

Para acomodar a ampla coleção de livros e revistas, a estnte, laqueada de azul, preenche e chega até o teto.

Espalhadas por todos os ambientes, as telas e fotos levam a assinatura de artistas e de amigos. Com intuito de valorizá-la o fundo é sempre branco.

matéria publicada na Casa Claudia em junho de 2015.