English Version

COMPACTO E ELEGANTE, EPITOME, DA PHILIPS, TEM PREÇO SALGADO

23/04/2015

Instalar um home theater na sala casa sem lidar com um emaranhado de fios ou furar as paredes para instalar as caixas de som: esse é o principal atrativo do epitome E5, da Philips. A fabricante teve uma sacada interessante para as caixas que são colocadas atrás do sofá e criam o efeito de som surround. São elas as responsáveis por fazê-lo escutar a cavalaria se deslocando no campo de batalha como se ela estivesse dentro da sua sala. O equipamento traz pequenas caixas sem fio que ficam no topo das caixas maiores, aquelas que são colocadas na TV. Quando quiser, o usuário pode destacá-las, colocando-as na posição correta. Depois, basta devolvê-las. É o que a fabricante chama de “surround sob demanda”.

Também dá para usar as pequenas caixas para aumentar o alcance do som quando você está ouvindo música em casa, levando-as para o quarto, ou para a varanda. De acordo com a Philips, a autonomia é de 8 horas. O recarregamento é feito pelas próprias caixas que servem de base.

Com detalhes em madeira e couro, o E5 é elegante e fácil de combinar com a decoração. Tenho usado o aparelho em um ambiente de quase 10m² e a impressão é que o equipamento, de fato, é adequado a ambientes desse tamanho. Apesar de a potência do som ser considerável (168W RMS), o volume não é tão alto quanto de outros aparelhos na mesma faixa de preço, ou até mais baratos.

Aqui vale uma curiosidade. Desde o ano passado, a linha de áudio de Philips e a Onkyo fazem parte da mesma empresa, a Gibson Brands, dona das quitarras do mesmo nome. No processo de reestruturação de seus negócio de áudio e criou uma empresa separada, a Woox Innovations, que foi comprada pela Gibson tem o direito de usar a marca Philips em seus produtos. A companhia quer se tornar a principal empresa de áudio do mundo teac, Tascam, Baldwin, entre outras.

Um outro problema do Epitome é a falta de uma tela. Você não consegue ver se o volume chegou ao nível máximo, por exemplo, o que pode deixa-lo um pouco perdido. A falta do display também dificulta saber de qual das entradas disponíveis no aparelho o áudio está vindo. São cinco opções: HDMI, coaxial, ópitca, 3,5 milímetros e Bluetooth. Quem tem um telefone com recursos de conexão sem fio por contato, NFC, poderá usá-lo para ouvir suas músicas favoritas, sem ter muito trabalho.

Para evitar a confusão de controles remotos, é possível usar a conexão HDMI Arc para controlar a TV. Mas o seu televisor precisa ser compatível com esse sistema.

Matéria publicada no jornal Valor em 17 de março de 2015