English Version

OS CINCO PASSOS DA REFORMA QUE VALEM PARA IMÓVEIS NOVOS OU USADOS

13/01/2015

A receita vale tanto para imóveis novos quanto para usados. Respeitar as etapas a seguir reduz as chances de colocar a paciência – e o investimento – em risco

1. Projeto bem definido

Primeira tarefa: listar o que precisa ser feito. “sem planejamento, o custo de uma reforma é infinito”, alerta Mariane Carneiro da Cunha, sócia da AH!sim, empresa especializada no tema. derrubar paredes, redistribuir pontos de água e luz e até reservar espaço para um futuro ar-condicionado – tudo deve acontecer nesse momento sob a orientação de um arquiteto.

2. Orçamento planejado

Decididas as intervenções de layout, chega a hora de escolher materiais e acabamentos. Uma boa pesquisa fará diferença na conta final, pois mora aqui a melhor oportunidade de encontrar brechas para os ajustes financeiros. Aprimoramentos básicos despendem, em média, entre 10% e 15% do valor do imóvel; já uma alteração maior consome em torno de 25%. Marcenaria continua a parte mais cara.

3. Cronograma realista

Conciliar o tempo dos profissionais exige jogo de cintura. Não adianta nada o gesseiro e o pintor começarem uma etapa sem que o eletricista e o encanador tenham encerrado suas funções. de novo, conte com a ajuda de um arquiteto para encadear essa sequência de acordo com os serviços contratados e deixe uma margem para imprevistos. estes sempre acontecem!

4. Supervisão da execução

Entregar as chaves ao empreiteiro e só voltar no fim da obra é o pior erro possível. Organize encontros periódicos com o arquiteto responsável e peça a presença de todos os envolvidos para sincronizar os trabalhos. Dessa forma, se algo estiver fora do combinado, há tempo de reparar o que for necessário sem tanto desgaste, considerandoos recursos financeiros disponíveis.

5. Vistoria antes de entrar

Teste tudo. abra torneiras, verifique se os climatizadores funcionam bem, veja se os pontos de luz emitem eletricidade e cheque o acabamento da pintura, a altura das portas e a colocação dos revestimentos. É essencial fazer uma geral no imóvel antes de dar como concluída a empreitada. Questione os profissionais sobre as garantias e prepare a mudança.

Matéria publicada na revista arquitetura & construção em dezembro de 2015.