English Version

BIENAL DE DESIGN: COMO MELHORAR A VIDA DAS PESSOAS?

17/12/2014

Responder a essa pergunta será a missão da 5ª Bienal Brasileira de design, agendada para maio de 2015 em Florianópolis.

Certa vez, uma amiga foi a Nova York e levou um choque. A banal cadeira de plástico sobre a qual ela se sentava para almoçar no refeitório da empresa em que trabalhava estava exposta em lugar de destaque no mítico MoMA, o Museu de Arte Moderna da cidade norte-americana. Pois é, o design está tão presente em nosso dia a dia que se torna quase invisível de tão incorporado ao cotidiano. É aí que entram as exposições: ao deslocar os objetos da situação de uso para a apresentação num museu, elas provocam estranhamento e, por decorrência, aguçam a percepção das pessoas sobre design. Já há alguns anos, as exposições de design têm se multiplicado em nosso país, e a mais importante e abrangente realização da área é a Bienal Brasileira de Design. Depois de alguns ensaios realizados no final dos anos 1960 e no início dos anos 1990, a ideia de reunir o melhor da produção nacional de design foi reativada em 2006 por um grupo de instituições liderado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC). Eles decidiram fazer uma bienal itinerante, que, nas edições anteriores, aconteceu em São Paulo, Brasília, Curitiba e Belo Horizonte. A próxima tem data e lugar marcados: será aberta em 15 de maio de 2015, em Florianópolis, tendo Design para Todos como tema. A programação será vasta e ocorrerá em diversos locais da cidade.

Já estamos de mangas arregaçadas preparando um conjunto de ações que mostrará como o design pode melhorar a vida das pessoas, independentemente de classe social, idade, gênero, capacidade ou background cultural. Design não é a cereja em cima do bolo ou o objeto esquisito e elitista. Suas qualidades podem se fazer sentir numa série de objetos de nosso cotidiano, mesmo que seja numa mera cadeira de plástico.

Matéria publicada na revista Casa Claudia em outubro de 2014