English Version

UM LAR CONSTRUÍDO AO REDOR DA COZINHA

15/10/2014

Apartamento une charme vintage e conforto

Será que casas antigas podem ser transformadas em ambientes contemporâneos sem perder o encanto? Os arquitetos Daniel Pérez e Felipe Araujo provam que sim nesse apartamento de 110 m² criado em Barcelona. O projeto de interiores valoriza os belos adornos originais, ao mesmo tempo em que dissolve as relações entre áreas íntimas e externas, o que libera mais espaço para bons momentos.

“Para se obter um ambiente realmente contemporâneo, é preciso recorrer à combinação de elementos vernáculos e tradicionais, profundamente relacionados ao imóvel original, conjugados com as mais novas formas de viver e habitar o espaço”, defendem os arquitetos, do escritório Egue y Seta.

Por isso, entra-se na casa por um ambiente que costuma ser separado de áreas sociais: a cozinha de cerca de 35 m². Luminárias industriais e mesa de madeira maciça, ambas da designer Bianca Bosman, transformam o jantar em um ponto de interesse. Jardim de inverno, ladrilho hidráulico, estantes transformadas em sofás e poltronas Eames, da Vitra, garantem acolhimento descontraído para celebrações.

“O cômodo se oferece como espaço de profunda vocação social e de entretenimento, muito além de sua simples funcionalidade como área de serviço”, contam os designers.

Os ambientes orbitam ao redor da cozinha. Não há espaços de transição, como halls e vestíbulos, apenas portas duplas, adornadas com molduras clássicas e maçanetas metálicas. Atrás de uma delas fica o lounge, onde um enorme sofá branco, também criado por Bianca, convida ao descanso.

O local recebeu objetos adquiridos durante as viagens dos proprietários ao redor do mundo (e passeios pelo descolado bairro de Borne, onde o apartamento fica). Não há TV: as imagens são projetadas em uma parede branca. Uma cama embutida transforma a sala em um quarto de hóspedes bem resolvido.

As portas também preservam as duas suítes da casa. Elas são equipadas com grandes salas de banho, generosamente iluminadas, como se costuma fazer com áreas sociais. Nenhuma parede as separa do quarto. Estufas com bambu criam uma ousada divisória e ainda trazem frescor à decoração.

Matéria publicada no site Casa Vogue em 15 de Outubro de 2014