English Version

LAR NO RIO TEM O ACONCHEGO DA MADEIRA

15/09/2014

A dupla de arquitetos Fábio Bouillet e Rodrigo Jorge, do escritório Artis Design + decidiu apostar em cores sóbrias e ambientes integrados para reformar esse apartamento de 270 m² na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio de Janeiro. A ideia foi proporcionar aconchego e bastante espaço para receber visitas. Os proprietários, um casal e duas filhas, costumam reunir os familiares em casa.

Os tons escuros já começam no living. A parede do fundo foi revestida com um painel criado pelo artista Benoît Gentil que simula tijolinhos cobertos com sobras de reboco. O material foi escolhido pela possibilidade de ajuste de cor. O tom selecionado, um bege escuro, conversa com a estrela do espaço, o sofá Less, de couro envelhecido e base de aço corten, design Flavio Borsato e Maurício Lamosa para a Novo Ambiente.

Assentos e paredes em tons de marrom confirmam a sobriedade da decoração, assim como os painéis de madeira espalhados pela morada. "Entendemos que os ambientes precisam ser um pouco mais escuros para serem confortáveis", conta Rodrigo. "Projetamos usando essa paleta de cores. É um pouco da nossa assinatura".

Para ampliar a área social, os arquitetos decidiram derrubar as paredes de um dos quartos. Parte do espaço foi incorporado à sala, dando alguns centímetros a mais ao home theater. Com isso, sala de estar, jantar e TV formam um ambiente único — os clientes desejavam que todos os convidados pudessem usufruir destas facilidades durante as reuniões de família.

Para equilibrar o arranjo, os arquitetos usaram as poltronas brancas que pertenciam à decoração do último apartamento dos moradores. Entre as novas aquisições estão peças com ar moderno, como a mesa de centro Butterfly, da Novo Ambiente, no home theater, e as luminárias espelhadas sobre a mesa de jantar, da Lumini. A tela atrás da mesa foi criada pelo gaúcho Herton Roitman.

O projeto de iluminação também evitou que a casa se tornasse sombria. As lâmpadas são abundantes e potentes e têm temperatura de cor ajustada. Ao invés de serem brancas, lançam uma luz amarelada, mais adequada ao décor.

O jantar faz divisa com uma sala íntima, onde as filhas podem assistir televisão e jogar videogames. A parede que separava os ambientes foi substituída por uma divisória de réguas de madeira. O arranjo permite aos moradores manter um olho nas filhas mesmo durante as recepções.

A cozinha tem móveis mais discretos, como os armários cobertos por vidros pretos refletivos e a mesa sobre cavelete. As consagradas cadeiras Bertoia Side Chairs dão um toque de elegância industrial.

Na suíte master, o piso de guajuvira permite colocar os pés no chão com conforto ao acordar. O ambiente tem um banheiro para cada cônjuge e closet com portas deslizantes de espelho. Um armário com iluminação oculta guarda objetos queridos pelo casal, como a estátua de Nossa Senhora, santa da qual o marido é devoto. O clima de conforto fica mais forte graças ao papel de parede texturizado da Orlean, iluminado com efeito de banho de luz.

Matéria publicada no Portal Casa Vogue em 14 de Setembro de 2014 por Nilbberth Silva