English Version

CASA MINIMALISTA EM TERRENO INCLINADO

13/08/2014

Morada dribla lote íngreme e ganha luz natural
Construir em terreno plano é fácil, mas uma casa na Espanha prova que um lote inclinado também pode ser prato cheio para a criatividade. A residência JC, em Sant Andreu de Llavaneres, acompanha os desníveis do terreno, criando belas vistas para os seus moradores.
Os arquitetos dividiram a casa de 300 m² em quatro blocos, distribuídos ao longo do desnível. Com exceção da garagem, cada bloco tem dois pisos. Os andares superiores, na altura da rua, acomodam quatro quartos e um jantar integrado à sala de estar. Os andares inferiores foram construídos na cota do jardim e da piscina. É ali que ficam os quartos de hóspedes e uma sala que reúne a família.
"Essa casa reflete as necessidades do ambiente", explicam os arquitetos Pau Millet e Xavier Ramoneda, do Estúdio Mirag, responsável pelo projeto. "Nós realmente acreditamos em uma arquitetura sustentável que considera cada cliente e situação", acrescentam.
Nos pontos de contato entre os blocos, os arquitetos criaram corredores e escadarias com janelas. Conseguiram, assim, uma bela vista do entorno e muita iluminação. As esquadrias de vidro são pretas e semi-afundadas, contrastando com a fachada da casa, pintada de branco.
Os interiores também são simples. Os arquitetos deixaram o concreto exposto no piso e na estrutura. O material também aparece no teto, onde é iluminado por lâmpadas embutidas na parede. Já o banheiro tem pastilhas de vidro feitas à mão. Uma seleção de móveis brancos, pretos, cinzas e marrons confirmam o tom de minimalismo.

Matéria publicada pelo portal Casa Vougue em 13 de Agosto de 2014 Por Nilbberth Silva