English Version

DESIGN É O QUE MAIS ATRAI NOS MÓVEIS

06/08/2014

Pesquisa aponta que beleza é o principal item considerado no momento de comprar um produto
Ao sair para pesquisar móveis para renovar a decoração da casa, os consumidores se guiam principalmente pela parte estética.
A qualidade e a durabilidade também são fatores importantes na hora de escolher os móveis, mas o design é o aspecto avaliado como mais relevante pelos consumidores. Um estudo feito pela IEMI Inteligência de Mercado mostrou que a beleza do produto é o ponto que mais chama a atenção para 41,1% das pessoas. Em seguida, aparecem a durabilidade e a resistência (18,6%), a sofisticação (10,3%) e a qualidade (9,2%). Por outro lado, apenas uma pequena parcela dos potenciais compradores se preocupa com a utilidade da peça (3%), com a garantia (2,4%) ou ainda em buscar produtos com preços baixos (2,1%).
Participaram mais de 2 mil entrevistados, de todas as classes sociais e estados do País. Uma parte significativa – 41,3% – respondeu que costuma adquirir móveis todo ano, e geralmente a compra é motivada por momentos específicos da vida, como mudança para um imóvel maior (30,2%), filhos entrando na adolescência (15,1%) e casamento recente (13,3%). O valor médio gasto pelos consumidores em 2012 foi de R$ 1.170,00 e, de acordo com a pesquisa, os móveis mais comprados foram guarda-roupas (13,7%), sofás (12%), conjunto de cama box e colchão (8,5%), armários de cozinha (8%) e rack para a televisão (7,5%).

Crescimento do mercado – A perspectiva do IEMI é que a produção industrial no setor cresça 5,5% este ano – em 2012, houve um aumento de 2%. Já no varejo, a projeção é registrar um crescimento de 6,8% na quantidade de peças e 9,7% no faturamento. No ano passado, os números foram de 4,5% em relação às peças e 8% em faturamento.
Matéria publicada pelo Portal Web Casas em Julho de 2014.