English Version

PREÇO DE ALUGUEL DE ESCRITÓRIOS EM QUEDA

06/08/2014

Os preços de locação em prédios de escritórios corporativos classe A nas capitais pesquisadas pela Cushman & Wakefield mantiveram a trajetória de desvalorização no segundo trimestre em São Paulo e no Brasil, tanto na comparação com o mesmo período do ano passado quanto com o primeiro trimestre.

Na avaliação da gerente-geral de locações para São Paulo da Cushman, Raquel Miralles, os preços de locação no mercado paulistano tendem a manter a queda no segundo semestre e, se a economia der sinais de melhora, ficar estáveis em 2015. "Esperamos a volta do ciclo de crescimento para 2016", afirmou.

Nos mercados nacional e paulistano, houve retração de 4% nos preços pedidos de locação ante o primeiro trimestre. No Brasil, os valores pedidos caíram 8,6% em relação ao segundo trimestre de 2013 e, em São Paulo, encolheram 11% na mesma comparação.

Os preços fechados tiveram queda ainda maior do que a redução dos valores pedidos. "Há mais flexibilização nas negociações, tendo em vista que a economia não está em franca expansão", diz a gerente da Cushman. A locação de novas áreas tem sido motivada por busca de mais qualidade.

Matéria publicada pelo Jornal Valor Econômico em 05 de Agosto de 2014 por Chiara Quintão.