English Version

O MUNDO COLORIDO DE ANNA GILI

04/06/2014

Um loft de dois andares , em Milão , na Itália, foi totalmente renovado pela arquiteta e designer de interiores Anna Gili, a onde ela afirma ser mais que uma casa, um museu , ao apresentar sua morada que batizou com o nome Wonderloft , "loft das maravilhas".
As cores são usadas em tons fortes e campos cheios , de fúcsia, azul, amarelo , inspirado na Índia. Eles são símbolos da alegria de viver , contrastando com o branco das paredes. O espaço conserva suas estruturas metálicas visíveis, a memória do seu passado industrial , atualizados por um espírito de conversão de alta tecnologia, com o calor do carvalho para o piso .
Mas as palavras -chave estão em outro lugar . Kandinsky disse que " a cor é um meio que tem uma influência direta sobre a alma " .
Anna mede a energia em termos de cor e linhas gráficas .
A cor é o elemento que aumenta a pureza das formas e a fluidez dos espaços, restaurar a harmonia e força evocativa. A transparência das superfícies consegue destilar - na figura de uma passarela com uma grade teatral em painéis de vidro colorido, o sinal de passagem para o estúdio no nível superior , e o significado de uma fusão sensorial que coincide com uma idéia pessoal de art.
Como um diário íntimo , este espaço- casa mental, criativo, um quebra-cabeça de pedaços de vida, é a operação de maior sucesso da Anna Gili de sinestesia .
O "corpo" que contém todos: sensibilidade artística combinada com uma abordagem lúdica, o fundo de seu feliz encontro, no início de sua carreira, com o Studio Alchimia. Uma cozinha no centro da casa tem portas em vidro colorido e uma ilha independente equipada em metal, que passa a ser o fulcro de sabores, em torno do qual tudo gravita.
Em seguida, espalhados por toda parte, seus vasos muito coloridos em vidro Murano, também desenhado por Salviati e Bisazza, uma seqüência dinâmica de luzes fluorescentes, um tema recente de pesquisa, os sinais gráficos de iconografia zoológica, que formam a base para seus projetos de pintura.
E obviamente, as matrizes das cenas de corpos mentais. Objetos, projetos e imagens, o título das duas exposições Anna Gili apresentados durante os eventos do FUORISALONE em Milão em abril: grandes pinturas luminosas que representam animais e fotografias sobre tela, uma releitura de algumas de suas performances artísticas bem conhecidos.