EDIFÍCIOS DEMOLIDOS DE FRANK LLOYD GANHAM VIDA COM TECNOLOGIA 3D

Utilizando softwares conhecidos, David Romero recriou com incrível riqueza de detalhes alguns edifícios destruídos projetados por Lloyd

Preservar a arquitetura moderna sempre foi um desafio que indagou arquitetos e designers ao redor do mundo. Mas o arquiteto espanhol David Romero encontrou uma solução que promete revolucionar a preservação de edifícios históricos e emblemáticos. Com o auxílio de programas gráficos, ele redescobriu o poder da tecnologia e da arte de renderização.

Frank 1Utilizando softwares conhecidos como AutoCAD, 3ds Max, V-Ray e Photoshop, Romero recriou imagens antigas de alguns projetos de Frank Lloyd Wright, que hoje já não existem mais, e os reviveu com uma exatidão incrível de detalhes. Batizado de “Hooked On The Past” (Enganchado no Passado), o projeto do arquiteto reproduziu edifícios demolidos e até mesmo obras que nunca saíram do papel, como a Capela da Trindade.

Frank 2Entre as renderizações, o espanhol conseguiu captar fielmente os detalhes texturizados do prédio de escritórios de cinco andares da Larkin Soap Company, construído em 1904 na cidade de Buffalo, em Nova York. A estrutura com uma imponente fachada de argamassa cor-de-rosa foi a primeira obra com ar-condicionado projetada por Lloyd.

Frank 3

Iluminados por uma claraboia, os escritórios foram construídos em torno de um grande átrio central. David Romero conseguiu reproduzir toda a estrutura, incluindo os detalhes únicos que transformaram a obra de Frank Lloyd Wright em um legado para a arquitetura moderna.

LEIA TAMBÉM: É possível se hospedar em uma casa do Frank Lloyd Wright por R$481

Frank 4“‘Hooked On The Past’ começou por causa de minha irritação em como as técnicas de visualização em 3D estavam sendo mal utilizadas para as recriações de edifícios do passado”, declarou Romero ao Architectural Digest, lamentando que atualmente poucos recursos são dedicados para esse ramo de pesquisa.

Frank 5

Outro edifício recuperado por David Romero foi a Rose Pauson House, uma antiga residência construída no deserto de Phoenix, no Arizona. A casa foi construída em 1942, porém foi destruída por um incêndio apenas um ano depois.

LEIA MAIS: Estas são as melhores faculdades de arquitetura de 2017

As poucas fotografias coloridas que restaram do acidente ajudaram o arquiteto a reviver a obra de Lloyd. As paredes e fundações da construção resistiram ao incêndio, transformando a casa modernista em um marco local batizado de Shiprock.

Para recriar a área interna, o espanhol usou o software Marvelous Designer, uma ferramenta de renderização 3D para tecidos. Com ele, até a cortina responsável pelo incêndio foi recriada, junto com os tapetes, almofadas e detalhes únicos.

Frank 6

Matéria publicada por Casa Claudia em 14 de março de 2017

Esta entrada foi publicada em Arquitetura, Inovação. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>