MUSEU DE ESCULTURAS DE MADEIRA DA CHINA – MAD ARCHITECTS

China 1

  • Arquitetos: MAD Architects
  • Localização: Harbin, China
  • Diretores: Ma Yansong, Dang Qun
  • Equipe de Projeto: Yu Kui, Daniel Gillen, Bas van Wylick, Diego Perez, Jordan Kanter, Huang Wei, Julian Sattler, Liu Weiwei, Tang Liu, Mao Peihong, Maria Alejandra Obregon, Nickolas Urano, Gus Chan, Shin Park, Alejandro Gonzalez
  • Área: 12959.0 m2
  • Ano do projeto: 2013
  • Fotografias: XiazhiIwan Baan
  • Engenheiros Associados: The Architectural Design and Research Institute of Harbin Institute of Technology
  • Consultor: Inhabit Group
  • Otimização: Gehry Technologies
  • Construtora – Estrutura de Aço: Zhejiang Jing Gong Steel Structure Co. Ltd

China 2

Do arquiteto. Protagonista num próspero distrito metropolitano de HarbinChina, com quase 200 metros de longitude, o Museu de Esculturas de Madeira é situado como uma anomalia em sua localização, ao parecer fora do lugar, rodeado por uma alta densidade e complexos residenciais. O museu encarna alguns dos ideais sobretudo conceituais e formais que definem o trabalho de MAD. Os limites entre sólido e líquido são diluídos ao longo desde edifício de 13000 m², fazendo referência à paisagem local natural.

China 3

O exterior do edifício está coberto por placas de aço polido, que refletem o entorno e a luz cambiante. As paredes sólidas asseguram uma mínima perda de calor, enquanto a torção das claraboias emergentes divide a superfície e permite a entrada de luz solar, o que proporciona suficiente iluminação natural difusa nas salas em seu interior.

China 4O museu abriga esculturas de madeira local, assim como pinturas que representam o céu e a neve da paisagem regional. No contexto da grande escala do entorno urbano moderno, o museu em si serve como uma nova interpretação da natureza. A interação surrealista entre o museu e a cidade abre passagem ao tédio desta zona, revitalizando os arredores com uma nova característica cultural.

China 5

Matéria publicada por Arch Daily em 15 de dezembro de 2016

Esta entrada foi publicada em Arquitetura, Inovação. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>