QUARTOS COM ALGO A MAIS

Com planejamento, dormitório pode conciliar repouso e formas alternativas de ocupação

Guardados da movimentação por vezes excessiva da área social, os quartos merecem ainda mais atenção na hora do projeto de decoração quando ganham novos usos somados ao espaço de descanso. Pequenas salas de estar, um canto para a TV ou escritório ou mesmo uma penteadeira mais caprichada: quando há espaço, é possível fazer do quarto um lugar totalmente multiuso. “Se a área foi maior, é viável trazer mais uma utilidade, mas com cuidado, para que seu sono não seja prejudicado”, afirma o arquiteto Diego Revollo, que assina um quarto de 25 m² onde o escritório é separado da cama por uma grande porta de correr.

O Instituto do Sono recomendada cuidados básicos para que, no fim do dia, o descanso esteja garantido. É recomendado que o seja um ambiente que lembre seu cérebro de que chegou a hora de desligar. Quando você trabalha nele, por exemplo, essa associação pode ser um pouco prejudicada,” explica Anna Karla Smith, neurologista do Instituto.

“Sempre recomendo pensar muito bem na escolha das cores empregadas na decoração, procurar tons que remetam à tranquilidade. Gosto também de materiais naturais como linho e madeira, que dão um ar de aconchego”, conta Carolina Razuk, arquiteta da mestisso Arquitetura e Interiores, que gosta de dar novas funções ao espaço – sem esquecer do que é primordial do ambiente.

A arquiteta Patrícia Martinez chama a atenção também para a importância da iluminação no lugar onde todos os dias recarregamos a energia. “Destaco a iluminação indireta, que pode ser colocada em um sanca no teto, na cabeceira da cama ou até mesmo nas cortinas e persianas”, aconselha.
Por fim, a escolha certa de revestimentos completa o clima. “Adoro a ideia de ter um quarto com piso de madeira, como o carvalho, isso leva ao ambiente a sensação de calor e acolhimento tão necessária no fim de um dia de trabalho”, diz Patrícia. Inspire-se em dois projetos feitos sob medida para vários estilos e necessidades.

CASAE

Assinado por Patrícia Martinez, o quarto combina rosa e madeira

CASAE

Detalhe do papel de parede da Wallpaper e luminária da Lumini

CASAE

No caminho para o banheiro, bancada que serve como escritório com cadeira Sherlock, da Etel

CASAE

Minimalista, o quarto projetado por Diego Revollo tem uma área, ao fundo, reservada para o escritório

CASAE

Vista do quarto para uma pequena varanda

Matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo em julho de 2015

Esta entrada foi publicada em Comportamento, Design de Interiores, Dormitórios. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>