CAMISA TECNOLÓGICA VESTE DE EXECUTIVOS A ASTRONAUTAS

No mundo do “business”, as melhores ideias costumam surgir de necessidades básicas. E na moda não é diferente. Para o empresário de origem romena Florin Ungureanu, a necessidade de vestir uma roupa elegante – e que se mantivesse com a mesma aparência depois de horas de uso – virou um negócio. Nesse caso, uma grife de camisaria masculina batizada de Kuul Thread, recém-lançada nos Estados Unidos e que promete uma performance adequada às demandas do homem contemporâneo.

A Kuul Thread (cujo nome faz alusão ao termo “cool”, de “fresco”) é resultado de muita pesquisa têxtil. Tudo para chegar a uma linha de camisas com benefícios que incluem o efeito térmico e a proteção contra radiação solar. Parece milagre. Mas é só tecnologia aliada à moda.

A partir daí, a ideia de ter uma marca de camisas de alta performance passou de sonho a projeto concreto. Em outubro do ano passado, Ungureanu começou os testes com diversos tipos de tecido que cumprissem a função de absorver, armazenar e liberar o calor do corpo, proporcionando sensação de frescor. O escolhido foi o PCM – sigla para Phase Change Materials (algo como “materiais que mudam de fase”) Produzido nos Estados Unidos, o PCM leva tecnologia desenvolvida pela Nasa. “Ele é usado para proteger astronautas das temperaturas extremas do espaço”, diz Ungureanu.

Trata-se de um “mix” de fibras de poliéster que contém partículas incorporadas ao fio com capacidade de armazenar e liberar energia. Essa tecnologia permite a regulação do microclima da pele, dia o empresário. “Quando a pele fica quente, o calor é absorvido, e quando esfria, o calor é absorvido, e quando esfria, o calor é liberado”, afirma. “As camisas da Kuul Thread controlam o excesso de calor produzido pelo corpo e previnem a produção de suor.”

Além da propriedade térmica, a linha de camisas da marca ainda protege contra os raios UV e conta com uma construção têxtil que permite que as peças sejam esticadas tanto horizonte quando verticalmente. Isso aumenta a sensação de conforto, auxiliando a movimentação do corpo. Segundo o criador da grife, as camisas da Kuul Thread também não precisam ser lavadas a seco ou passadas a ferro. “Basta lavar com água fria pendurar.”

A modelagem e os detalhes de costura também foram planejadas, diz o empresário, para trazer bem-estar. “A costura, feita por única agulha, na frente e no verso na peça, possibilita maior durabilidade e melhor toque”, explica. O abotoamento foi reposicionado, para não revelar de mais a região do peito. O colarinho foi pensado para acomodar diversos tipos de nós de gravata, mas também para ser usado para ser usado em “looks” casuais.

Por ora, o artigo revolucionário só verá vendido por meio de “e-commerces” (próprio e multimarcas) – “o que vai possibilitar manter os preços acessíveis”, diz Ungureanu, que se diz otimista com a aceitação do produto. A fábrica que produz as camisas da Kuul Thread, nos Estados Unidos, tem capacidade para 40 mil peças por mês. “Mas já temos assegurado um segundo fabricante, caso a produção precise crescer”, diz o empresário, que planeja extensão de linha. “Teremos camisas polo e calças.” Uma promessa que o guarda-roupa masculino nunca mais será o mesmo.

matéria publicada no jornal Valor em 7 de julho de 2015.

Esta entrada foi publicada em Design, Moda, Tendências. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>