PERSONALIDADES DÃO DICAS PARA GANHAR TEMPO

12 Dicas: Como organizar a agenda e a equipe para ganhar tempo, nem que sejam alguns minutos do dia

Helisson Lemos, 37, diretor-geral do MercadoLivre no Brasil: Inicio o dia trocando o horário de pico do trânsito da manhã por um home-office parcial e rápido: em vez de ficar parado no trânsito, envio alguns e-mails e faço pequenas ligações ou tarefas, agilizando o resto do dia que terei pela frente

Laércio Cosentino, 54, presidente da TOTVS: É preciso fazer reuniões ao estilo americano: uma hora marcada, sem tolerância para alteração do horário de término. Ou seja, todo atraso deve ser descontado do tempo total da reunião

Nuno Cobra Jr., 48, especialista em treinamento físico: Aproveito a janela de sono que se inicia às 22h e vou mais cedo para a cama. Janto às 19h30 para não ter uma digestão pesada e evito a luz do computador e da TV a partir deste horário. Dormir cedo me permite acordar cedo e bem disposto

Renata Vanzetto, 26, chef e proprietária do restaurante Marakuthai: Tenho um grupo no Whatsapp para cada um dos meus seis negócios. Nos falamos o dia inteiro, expomos os problemas, as conquistas e as metas. É mais prático do que ligar cada hora para um ou esperar ter uma reunião para poder juntar todos.

Leila Velez, 40, sócia-fundadora do Instituto Beleza Natural: Os apps são maravilhosos para organizar a agenda. Assim, não corro o perigo de marcar reuniões nos mesmos horários. Alguns dos que uso são: TripIt, i-calendar, Bookest List e Wunderlist. Para fazer reuniões as dicas são o Skype e o Blue Jeans.

Facundo Guerra, 40, sócio do Grupo Vegas: Acumulo e-mails, mensagens de Whatsapp e de Facebook e não os respondo imediatamente, a não ser que algo seja muito urgente. Muitos assuntos são resolvidos pelo tempo e eu posso me concentrar nas tarefas que tenho de executar.

Max Reichel, 32, presidente-executivo da Oppa: Determine um número específico de horas para checar e-mails, redes sociais, atender o telefone etc. Não tente fazer tudo ao mesmo tempo. Planeje somente 70% do seu dia e deixe o restante para emergências e imprevistos

Carlos Zilli, 51, diretor-presidente da Imaginarium: Todas as noites, em casa, planejo o dia seguinte por meio da atualização das pendências realizadas e a inclusão de novas demandas. Quando chego ao escritório, visito essa lista e ganho um bom tempo organizando o dia

Alexandre Costa, 43, fundador da Cacau Show: Tenho deixado o celular com a secretária na hora das reuniões. Às vezes, é preciso se desligar um pouco para ter mais concentração na hora da tomada de decisões importantes. E tem funcionado

Washington Olivetto, 63, chairman da agência WMcCann: Boa parte das reuniões acaba servindo apenas para marcar uma próxima. Aprendi a poupar horas do meu tempo selecionando os encontros dos quais participo: se for reunião só para reunir, não vou; se for para decidir, sou o primeiro a chegar

Lala Rudge, 24, empresária e blogueira: Em São Paulo, perco muito tempo no trânsito. Então comecei a aproveitar os minutos para responder aos leitores, criar as matérias para o blog, pensar nas coleções da minha marca e fazer meu cronograma de redes sociais

Agda Óliver, 33, proprietária da oficina Meu Mecânico: Delego tarefas para outras pessoas, mesmo em casa: meu filho de 7 anos é quem guarda as roupas dele no armário. É impossível fazer duas coisas ao mesmo tempo e chegar à excelência nas duas, por isso delego

Matéria publicada no jornal Folha de São Paulo em 02 de novembro de 2014.

Esta entrada foi publicada em Gestão. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>